MAISQ Blog

Fique por dentro do que rola na MAISQ e no universo da Publicidade e Propaganda.

5 Técnicas Para Fidelizar o Cliente

Usar Técnica para fidelizar é bem mais assertivo que usar a sorte. Nós vamos mostrar como evitar erros comuns na Gestão de Empresas, você PRECISA focar toda a sua atenção ao percebê-los. O primeiro deles – e mais é quando nos perguntamos qual a principal peça ou, a principal pessoa, dentro do modelo  de negócio. A resposta associada a essa questão, geralmente, gira em torno do Chefe ou do Gerente. Mas pense bem: sem o Cliente, tanto o funcionário, quanto o proprietário, podem ficar desempregados. O segundo fator que deve ser repensado é o quanto estou disposto a investir em tempo, dinheiro, energia física e intelectual para conquistar novos consumidores.

E não, você NÃO LEU ERRADO, não estamos falando de “atrair”, mas sim de C-O-N-Q-U-I-S-T-A-R.

O que esses dois fatores possuem em comum? A falta de foco na Fidelização do Cliente.

Para entender melhor como o Cliente é a peça fundamental da sua empresa, podemos citar uma série de fatores bastante simples que estão inseridos na sua rotina. Pense bem, um cliente fiel, além de fã do seu negócio, é uma espécie de Promotor. Por se sentir parte daquilo que você vende, ele se sente devidamente confortável em fazer divulgações para outras pessoas. É o velho, clássico e não subestimável: Marketing boca-a-boca.


Outros dois fatores relevantes sobre a fidelização do cliente que você precisa ter em mente, são, por exemplo:

- Conquistar um novo cliente custa de 5-7 vezes mais do que manter o atual, segundo pesquisas e estudos de Philip Kotler – um dos nomes mais respeitados do Marketing e da Publicidade Mundial.

O Valor de venda do cliente fidelizado tende a aumentar sempre, uma vez que você é o principal facilitador ao atender suas necessidades e desejos.

Técnicas para Fidelizar na PRÁTICA:

Para te ajudar a alcançar esse objetivo, nós separamos 5 dicas que são essenciais na hora de fidelizar a sua clientela. Todas são extremamente práticas e o principal investimento será o seu empenho. Bora lá?


1 – Atendimento excepcional:

Nunca atenda um cliente somente com o objetivo de vender, mas, principalmente, para transmitir os objetivos e a qualidade dos seus serviços. Comprar é uma consequência de tudo aquilo que envolve sua relação com ele. Não esqueça dos motivos que te levaram a abrir as portas de um negócio. Não esqueça daquilo que lhe motiva a manter essas portas abertas.

2 – Crie uma relação especial com seus clientes atuais:

No final dos anos 2000 aconteceram algumas revoluções no comportamento do consumidor, e a principal delas é que: O SEU CLIENTE NÃO QUER MAIS APENAS PEGAR O PRODUTO E IR PRA CASA. Ele quer experiência. Ele quer ter um momento agradável dentro do seu espaço. Faça ele se sentir parte daquilo como um membro da família.

3 – Ouça o seu cliente (com MUITA paciência)

Fácil, fácil essa dica, né? OK, às vezes a gente não está no melhor dia de todos e não se sente na melhor forma. Maaaaaaaas… Cultivar esse hábito não somente te faz entender melhor o consumidor, como poupa as suas próprias energias na situação de atendimento, principalmente numa eventual reclamação.

4 – Efeito surpresa:

CUIDADO com a Zona de Conforto, hein. Cliente fiel também precisa de manutenção. Continue trazendo novidades para ele. De que tipo? Hmmm… Já pensou num e-mail ou WhatsApp surpresa com Cupom Promocional? E um brinde no final do mês? Quem sabe um sorteio exclusivo? Solte a criatividade!


5 – O resumão:

Fique atento, pois o objetivo desse post é fidelizar quem já está investindo na sua marca. Obviamente você quer conquistar uma legião de fãs e clientes investidores, mas tudo começa de algum lugar, com alguém, com o seu próprio empenho. Ou seja, essas dicas servem para você observar o seu público JÁ CONSUMIDOR e aí sim, partir para aqueles que ainda não lhe conhecem. Então… BOAS VENDAS!